quinta-feira, 7 de junho de 2007

Despedidas? Não!!!Ver-nos-emos amanhã...

Despedidas...que raio de tema,foste escolher....
Este, é daqueles temas com os quais, eu lido muito mal...
Que posso dizer??? Não gosto de me despedir..pelo menos em circunstâncias, em que não tenha a absoluta certeza que volto a ver a pessoa...para a voltar a cumprimentar...de outra forma adio a despedida...sou perita nisso , como sabes!!!!
E na verdade, nunca se tem a certeza que nos voltamos a ver...há apenas fortes probabilidades de isso acontecer!
Concordo contigo há sempre coisas por dizer, por fazer, por partilhar...e sempre o nosso egoísmo fala mais alto...ou pelo medo de perder de vista...e de não saber lidar com isso...ou pelo medo da exposição,julgamento ou seja lá o que for...no caso de nos vermos no dia seguinte...
Claro, que as despedidas dependem das relações, da intensidade e do seu caractér ou não definitivo...(na dúvida e como sabes eu protelo as situações...!)
Mas, também é verdade que se eu tivesse que me despedir hoje de algumas pessoas, arrepender-me-ia muito... do que fiz, do não fiz...do que disse e do não disse portanto e cada vez mais, acho, tal como dizes, que tenho mesmo de aprender com os mais novos, a viver os meus dias como se fossem os ultimos...
Até porque esta vida é um constante movimento de encontros e despedidas...que levam a novos encontros e inevitavelmente a novas despedidas...
E assim sendo, hoje, te digo...a ti amiga de sempre que gosto muito de ti...e a vocês meus amigos comentadores e aos outros ...Gosto muito de vos ver por cá!
Beijos e até á próxima!
R

Um comentário:

cheat2win disse...

Tu perita em evitar despedidas????
Uma verdadeira expert... lol
Minha linda nunca podes te arrepender do que fizeste, isso demonstra uma falta de confiança nas tuas acções, que geralmente ages sem pensar e mal....
apenas te podes lamentar do que não fizeste, por vezes é tarde para voltar a tras e fazer, por isso é melhor acreditar que o que fizeste foi o melhor para ti e para a outra pessoa.
Mas conconcordo contigo quando dizes que a vida é um constante movimento de encontros.
Eu sei que gostas muito de me ver por cá...
bj